sexta-feira, 31 de maio de 2013

EU FUI PARA UM EVENTO NUM LUGAR MÁGICO

Eu estou nesta estrada da Segurança e Saúde no Trabalho há muito tempo, percorri este país ministrando cursos, seminários, workshops, em várias cidades brasileiras pela Proteção Eventos, pela ADMC, pela empresa do Aguinaldo, só não fui à Rio Branco/AC, Boa Vista/RO, Macapá/AP e Terezina/PI. Muitas vezes atuando em salas de hotéis, auditórios, em salas de treinamento de empresas, salas em pavilhões, etc. 

Agora em maio isto mudou, fui convidado pela Proteção a participar da I Seminário Paraibano de Segurança e Saúde do Trabalho, em João Pessoa/PB, cidade que já tinha ido outras vezes, mas quando cheguei no local do evento me surpreendi com que vi. O lugar era mágico com um visual incrível, tratava-se da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, que foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inaugurada no dia 03 de julho de 2008. O complexo possui mais de 8.500m² de área construída no bairro do Altiplano Cabo Branco. A Estação tem a missão de levar cultura, arte, ciência e tecnologia à população.

Figura 1: Prédio do espelho d’ água e Mirante

Quando me dirigi ao prédio do Auditório e de Salas de Aula onde ia me apresentar fui percebendo a energia boa do lugar, mesmo com dificuldades para caminhar eu percorri as rampas do Niemeyer de forma que cada passo era uma conquista e uma ansiedade para entrar em cena.

Figura 2: Prédio do Auditório e Salas de Aula

Antes e após a minha atuação eu fazia questão de percorrer as áreas do complexo e me deparei com:

a) A sensualidade. Tem uma mulher despida no jardim, para acender um desejo. 

Figura 3: Mulher no jardim
  
b) O desafio. Tem um tabuleiro de xadrez no jardim em tamanho considerável, que te chama pro jogo da vida e pro xeque mate a seu favor ou não.

Figura 4: Tabuleiro de Xadrez

 c) A música. Tem caixas de som no jardim, de onde sai uma música muito gostosa de se ouvir.

Figura 5: Jardim da Estação

 d) Um horizonte.Tinha um belo horizonte do mirante, uma cidade pronta para ser conquistada e um mar lindo.

Figura 6: Visão do Mirante da Estação

Ainda mais teve um dia que tomei chuva ao ir para o Hotel, há muito tempo não fazia isto. Foram dias muito gostosos de viver, proporcionados por todas as pessoas que toquei com minha mensagem, e pelo que aprendi com estas mesmas pessoas. Quanto aos  aplausos eles foram um presente que os participantes me proporcionaram.

Assim vim de lá renovado, com muita energia do bem, mesmo com a dor física no meu joelho, fiz o que precisava ser feito e ganhei muito mais, ganhei sorrisos, abraços, o reconhecimento, estimulei pessoas a irem em frente em nossa área, e tenho certeza que plantei uma semente boa num terreno fértil.

Que Deus me de a oportunidade de viver tudo isto de novo.  

Traduza este texto para sua realidade e faça comentários eu gostaria de recebê-los.

Abraços,

ARmando Campos

2 comentários:

Renato Vasconcelos disse...

Foi com grande satisfação que também estive lá! Pude aprender mais com você Armando, continue sendo sempre este profissional e pessoa amável que você é!

Um grande abraço e até a próxima!

Milca Gonçalves disse...

Também estive presente no evento, sou estudante de Engenharia de Produção e pretendo me especializar em Segurança do Trabalho. Sua palestra sobre percepção de riscos foi maravilhosa, pude aprender bastante com você, o que me deixou ainda mais encantada pela área.

Espero encontrá-lo ainda em proximos eventos.

Abraço.